Motor Geek - Pantone

O motor que pode funcionar com 80% de agua  com 20% de gasolina

  O inventor, Paul Pantone no início dos anos oitenta desenvolveu  seus primeiros protótipos de motores, esses  com a possibilidade de usar outros tipos de combustíveis diferentes  além do petróleo.Inventor autodidata desenvolveu sozinho um dos motores que poderia mudar a história dos combustíveis.


 Tecnicamente o "motor" geek  é um pote catalítico de água que produz bolhas de hidrogenio, que são injetadas na alimentação do ar dos motores  que se retiram o conversor catalítico do tubo de escape, e aparentemente permite cerca de 50% de economia em gasóleo, ele  pode ter inúmeras aplicações e funciona com todo tipo de água, este sistema pode ser adaptado a todos os motores de explosão.

O motor Pantone em si não é um motor  e sim um sistema de carburação que envolve a pulverização de uma mistura de água e de combustível. A mistura é então aquecida, explorando os gases quentes do escape . Os vapores gerados são então misturados com o ar fresco, antes de ser introduzido para dentro do motor, onde a combustão de combustível é efetuada. 

O sistema funciona dessa forma ; em um reservatório com uma mistura de cerca de 80% de agua com 20 % de gasolina,o escape do motor e direcionado para o fundo desse reservatório ,fazendo a mistura se gaseificar, essa mistura  então passa  atravez do interior do tubo de escape(observe o desenho),com isso a mistura se aquece antes de ir para o motor comum. 
 
Pantone fez inúmeros esforços a fim de encontrar parceiros, para levar a cabo as suas ideias. Depois de apresentar um relatório na televisão sobre suas realizações, seu telefone tocou. Ele recebeu um telefonema de um representante de uma companhia de petróleo, oferecendo milhões de dólares  para abandonar seu projeto.

Seus ativos financeiros foram identificados e congelados, patentes, desenhos e invenções foram roubados.Ele acabou em uma clinica psiquiátrica , solto em 2009  com a condição de que ele sair do estado de Utah, onde ele morava.

0 comentários:

Postar um comentário