O gigante radar soviético - DUGA 3

 O pica-pau russo   


O Duga-3 foi um  sistema de radar soviético que  começou a funcionar a partir de Julho de 1976 até Dezembro de 1989. Dois Duga-3  foram implantados, uma perto de Chernobyl e Chernihiv, o outro no leste da Sibéria.
Os Duga-3  foram extremamente poderosos, mais de 10 MW em alguns casos, e difundidos nas bandas de rádio de ondas curtas(AM). Eles apareciam sem aviso prévio, soando como um repetitivo ruído batendo em 10 Hz,  o que  acabou gerando seu apelido; ''pica-pau russo''.

O  misterioso sinal era   de muita especulação, dando origem a teorias conspiratórias como experimentos de controle mental e de controle metereológicos soviéticos. Mas a função principal do DUGA 3 era bem menos criativa, e sim  fornecer o aviso  de um lançamento de misseis e antecipar um contra-ataque aos EUA.

As incríveis antenas duga-3
 
Em 1976, um sinal de rádio  foi detectado em todo o mundo, e rapidamente apelidado de Pica-pau .
A triangulação rapidamente revelou que  os sinais vinham da Ucrânia, mais precisamente nos arredores da usina nuclear de Chernobyl.


O fim

 Em 1989, eles desapareceram completamente. Com o fim da guerra fria e os novos satélites , o duga-3  acabou não sendo mais muito útil,e o complexo aparentemente foi desativado.  As antenas  originais do Duga-3 encontra-se dentro da Zona de Alienação,área isolada de  30 km ao redor da usina de Chernobyl onde a radiação e muito perigosa um dos motivos de elas ainda existirem. Há suspeitas também que suas antenas ainda são usadas para retransmissão de rádios secretas de códigos, inclusive  retransmitindo o sinal da famosa  rádio uvb -76...




Ouça o som original transmitido para o mundo inteiro do DUGA 3;

link audio da wikipédia.

2 comentários:

  1. Parece tudo menos um pica pau. Parece mais um helicóptero ou um martelo pneumático lol

    ResponderExcluir
  2. Estive lá ontem. O que foi passado, é que ele nunca funcionou. Funcionou no modo teste, mas não era eficiente e levava duas horas para detectar um míssel.

    ResponderExcluir